A verdade é que os melhores programas que pode fazer para estas férias são sem dúvida ao ar livre, seja sozinho, em família ou rodeado de amigos, desde que mantenha sempre os cuidados necessários para a segurança e bem-estar de todos.

Esta é uma excelente forma de colocar o seu lado mais aventureiro à prova e ficar a conhecer alguns dos melhores trilhos pedestres que poderá encontrar em Portugal, capazes de lhe proporcionar experiências únicas quando menos se espera, pelo que agora partilhamos consigo 5 percursos a não perder no nosso país:

 

1. Passadiços do Paiva, Arouca

E porque não começarmos por um dos trilhos pedestres mais conhecidos de Portugal? Integrado no Arouca Geopark, este percurso é formado por uma estrutura em madeira, que liga a aldeia de Espiunca à agradável praia fluvial do Areinho, contando com uma extensão de cerca de 8 quilómetros que presenteia os visitantes com subidas e descidas e oferece aos mais aventureiros uma vista deslumbrante sobre a natureza em todo o seu esplendor.

Com ponto de partida em Espiunca ou Areinho, este trilho pedestre desafia até os mais resistentes, pelo que para quem pretende um passeio mais calmo e menos exigente, talvez seja melhor optar por começar em Areinho, dado que a alternativa envolve uma subida de cerca e 500 degraus no final do percurso.

Importa referir que este é um trilho pago, pelo que para desfrutar desta experiência será necessário comprar bilhete.

  • Distância: 8,70 km
  • Duração aproximada: 2h30
  • Nível de dificuldade: elevado

 

2. Caminho do Monge, Sintra

O Parque Natural de Sintra-Cascais, considerado Património Mundial da Humanidade, oferece aos visitantes a possibilidade de percorrerem o trilho de Tholos do Monge, uma sepultura coletiva datada da pré-história, virada a norte, que tira partido de uma depressão natural de granito que se encontra na região.

Com início no Convento de Santa Cruz dos Capuchos, este percurso convida os interessados a desfrutarem de um passeio pelo meio da vegetação da serra, passando por locais como a Memória dos Soldados e a pirâmide geodésica que se encontra no topo, sendo possível avistar ainda o Cabo Espichel, localizado em Sesimbra.

  • Distância: 4,5 km
  • Duração aproximada: 1h45
  • Nível de dificuldade: baixo

 

3. Cidade da Calcedónia, Gerês

Para quem corre atrás de um bom desafio, o trilho pedestre da Calcedónia é um dos percursos a não perder em Portugal. Este, é muito conhecido graças à fenda que o atravessa até ao topo, sendo também este o motivo de toda a experiência, uma vez que as pessoas precisam e atravessar essa fenda, mas só o podem fazer à vez, pelo que é aconselhado recorrer à companhia de um guia para fazer este percurso.

A travessia, com início no Lugar do Calvário, pode ser desafiante, mas a vista sobre a Serra do Gerês é sem dúvida compensatória, podendo ainda aproveitar para visitar aquilo que resta de uma povoação datada da Idade do Ferro.

  • Distância: 7 km
  • Duração aproximada: 4h30
  • Nível de dificuldade: médio/alto

 

4. Fisgas de Ermelo, Mondim de Basto

Este trilho pedestre encontra-se inserido na Serra do Alvão, junto de uma das maiores quedas de água da Europa, intitulada de Fisgas de Ermelo. Ao longo deste percurso, é também possível encontrar algumas lagoas naturais de água cristalina e testemunhar a mudança das paisagens ao longo das margens do rio Olo, atravessando ainda várias aldeias da montanha.

Tendo como ponto de partida a aldeia de Ermelo, este trilho reúne o melhor das regiões do Douro, Trás-os-Montes e Minho, para que desfrute de uma experiência inesquecível.

  • Distância: 12,4 km
  • Duração aproximada: 4h30
  • Nível de dificuldade: alto

 

5. Percurso dos Sete Vales Suspensos, Lagoa

Situado no concelho de Lagoa, este é um dos percursos pedestres mais bonitos do Algarve, com uma extensão de cerca de 6 quilómetros, sendo que a sua travessia é feita ao longo da arriba costeira que parte da Praia da Marinha e termina na Praia Vale de Centeanes, brindando o visitante com paisagens fantásticas do litoral algarvio.

Ao longo de todo o percurso, é possível vislumbrar diversas praias desertas, arribas e formações rochosas das mais variadas formas, grutas impressionantes e pequenos algares, com a natureza uma vez mais a ganhar destaque aos olhos dos visitantes.

  • Distância: 6 km
  • Duração aproximada: 4h
  • Nível de dificuldade: médio

 

Depois de todas estas sugestões, ideias não faltam para que tenha umas férias em família inesquecíveis, onde a segurança, a natureza e a aventura são as palavras de ordem para que desfrute de bons momentos em locais de uma beleza incomparável.

Contudo, e para que aproveite ao máximo cada um destes trilhos pedestres, deverá certificar-se de que se encontra munido das proteções necessárias para que os imprevistos não o impeçam de chegar mais longe, e para isso a João Marques Seguros encontra-se disponível para o ajudar num dos seus escritórios, localizados em Faro ou ainda no Montenegro.


Scroll to Top