A saúde oral infantil deve iniciar-se ainda no período pré-natal. Durante a gestação, a gravida deverá fazer uma alimentação variada, rica em cálcio e vitaminas, que vai ser a base do bom desenvolvimento da criança.

Com o “nascer” dos primeiros dentes, deverá leve o seu filho ao dentista, por forma a realizar uma analise precoce para identificar eventuais problemas na dentição e receber mais informação para começar com os cuidados de higiene. Apesar de provisórios, os dentes de leite têm um papel fundamental, uma vez que ajudam a criança na aprendizagem da fala, na mastigação e no alinhamento adequado dos dentes definitivos.

A prevenção deverá ser feita em casa e na ida periódica ao dentista.

Em casa o combate aos problemas dentes tem o seu ponto de partida na correta higiene oral. De acordo com o médico dentista João Azevedo, para prevenir o aparecimento de cáries, é necessária «uma escovagem adequada, em que a escova passa por todas as faces do dente, demorando, em média, três minutos». «No final, é importante escovar a língua, por ser um grande reservatório de bactérias e restos alimentares», acrescenta.

E importante não esquecer que a ingestão de que grandes quantidades de açúcar são prejudiciais, por isso é recomendável uma nutrição equilibrada que não inclua pastilhas, gomas, chocolates e refrigerantes em excesso, ou seja, o segredo esta em conseguir, que o seu filho tenha acesso a uma dieta equilibrada por formar a evitar a formação de placa bacteriana.

A visita a um dentista, com especialidade em dentição de bebés, crianças e adolescentes, deve ser frequente, pois será através destas consultas que poderá obter informação especializada por forma a que, a sua criança cresça com destes sãos

João Azevedo enumera algumas dessas técnicas. «Usa-se sempre o flúor, pois é um grande instrumento que fortalece o esmalte e ajuda a evitar o aparecimento de cáries. Por outro lado, o selante de fissuras, que se coloca nas cavidades dos dentes definitivos, combate as cáries porque é nessas fendas que se acumulam as bactérias e os resíduos alimentares», recomenda o especialista.

O teste à acidez da saliva é frequente, pois quanto mais ácida for a saliva do seu filho, maior é a probabilidade de desenvolver problemas dentários.  No que diz respeito ao posicionamento dos dentes, pode ser necessária uma consulta de Ortodontia, pois nem sempre se espera pela dentição definitiva para corrigir a má posição dos dentes.

 

Fonte: Sapo Lifestyle


Scroll to Top